Aeroporto Regional do Planalto Serrano quase concluído

1
912
Foto: Divulgação

Após quase duas décadas em obras, o Aeroporto Regional do Planalto Serrano, em Correia Pinto, está ficando cada vez mais próximo de começar a operar.

Um dos primeiros passos para dar início a operacionalização é a administração que a partir desta quinta-feira (18) ficará sob responsabilidade da Infraero.

A solenidade de entrega da administração ao órgão federal acontecerá às 17h, no saguão do aeroporto em Correia Pinto.

No evento deve estar presente o governador Raimundo Colombo; o secretário de Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso, e o secretário da ADR Lages, João Alberto Duarte.

Com duração de 12 meses, sendo renovável ao final do prazo de vigência, prevê um custo mensal de mais de R$ 127 mil e é de suma importância para que o Governo do Estado agora busque a homologação do aeroporto o mais rápido possível.

No documento, a Infraero passará a ficar responsável pela ocupação do espaço físico, limpeza e manutenção da área, além de buscar a homologação do aeródromo junto aos órgãos reguladores.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie por Whatsapp, no número (49) 9-9993-0092

1 COMENTÁRIO

  1. Boa notícia, mas depois de anos e milhões gastos, a pista construída em Correia Pinto é de apenas 1.600m, ou seja, lamentavelmente só 70 metros maior que a de Lages. A Serra precisava de um pista/aeroporto para receber, SEM Restrição Operacional, os jatos da nova geração, os regionais de 130 passageiros e os de 180 lugares como o Airbus A320-NEO e Boeing B737 MAX. É urgente e necessário que se estenda a pista para 2.200 x 45 metros!!!.
    Em pleno século 21, também é inadmissível que um aeroporto como Correia Pinto seja inaugurado com operação de voo por instrumento via rádio farol não direcional NDB, tecnologia desenvolvida em 1923 e não o GPS. A falta de um aeroporto moderno e atual na serra manterá as mazelas do isolamento por falta de facilidades proporcionada ao modal aéreo. Saudações e bons voos,

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here