Chuva dá trégua mas alagamentos persistem no Litoral

0
190
Foto: Luiz Carlos Souza

As cidades do Litoral Norte amanheceram com diversos pontos de alagamento na manhã desta segunda-feira. A situação é mais grave em Penha, que ainda se recuperava de uma forte enxurrada ocorrida em janeiro. Várias ruas estão interditadas e, no Bairro Santa Lídia, a água chegou a invadir residências.

A prefeitura determinou, no domingo à noite, que fossem evacuados os imóveis localizadas no entorno do Morro Sul da Praia de São Miguel.

A prefeitura disponibilizou um abrigo na escola profissional Zilda Lucki Silveira, em frente à Secretaria de Educação, na Rua Prefeito José João Batista. No local também são recebidos donativos, como alimentos não perecíveis e material de limpeza.

Navegantes também continua com diversas ruas alagadas. Foram atingidas vias no Centro e nos bairros Nossa Senhora das Graças, Porto das Balsas, Machados, Meia Praia e em parte do Gravatá. Boa parte da zona rural está alagada.

Camboriú teve oito deslizamentos de terra, nos bairros Monte Alegre, Areias, São Francisco, Conde, Rio Pequeno e Taboleiro. Nesta manhã, uma família permanece abrigada no ginásio do Bairro Conde Vila Verde. A cidade registrou alagamentos em 50 ruas. As aulas foram canceladas em todas as escolas e creches da rede municipal.

Porto Belo também teve aulas canceladas. Os rios não estão dando conta da vazão, e hHá pontos de alagamento nos bairros Alto Perequê, Perequê, Vila Nova e Centro. Foram registrados deslizamentos no Araçá e no Perequê.

Em Balneário Camboriú a Secretaria de Obras e a concessionária Ambiental iniciaram a lavação de ruas que foram atingidas por alagamentos e estavam cobertas de barro, como a Rua Síria, Rua Israel e alguns pontos da Avenida Martin Luther, todos no Bairro das Nações.

A escola municipal Nova Esperança teve as aulas do dia todo. Houve danos no refeitório do colégio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here