Identificado corpo encontrado no no Rio Canoas em Ponte Alta

0
170
Foto: Divulgação

O corpo de Soli Pedro Moraes, 71 anos, foi encontrado por um pescador, no Rio Canoas, em Ponte Alta, no final da tarde de segunda-feira (16). O pescador estava com sua canoa passando pela Localidade de Poço Grande, quando avistou o corpo boiando e chamou o Corpo de Bombeiros de Correia Pinto.

O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi quem identificou corpo através das digitais, que já estavam no banco de dados do órgão.

Por conta do processo de putrefação causado no corpo, devido ao contato com a água que deve ter sido de oito a dez dias, ele está desfigurado. Por isso, caso a identidade não fosse confirmada pelas digitais, seria por exame de DNA ou até pela arcada dentária.

O IGP informou que não é possível esclarecer com exatidão a causa da morte, por conta da deterioração dos órgãos, mas supõe-se que foi por asfixia. A cabeça estava envolta em uma sacola plástica e o corpo amarrado com uma lona e uma corrente com cadeado fechado.

Segundo o IGP, o corpo não tinha perfurações e nem hematomas. A Polícia Civil instaurou um inquérito policial para a apurar a autoria do crime e não pode dar mais detalhes para não atrapalhar as investigações.

Soli Pedro Moraes estava desaparecido desde a semana passada. A última notícia que a família teve foi na segunda-feira (9). Ele era aposentado, mas tinha uma mercearia em frente a sua casa, onde morava sozinho, em Ponte Alta. Também atuava como agropecuarista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here