Golpe do aluguel: saiba como se proteger dos anúncios falsos na temporada de verão

0
69
Foto: Foto: Fabiano Correia

O golpe do aluguel de temporada voltou a ser registrado em Santa Catarina. Na semana do Natal, 28 boletins de ocorrência foram registrados só em Balneário Camboriú. Para o presidente da comissão de direito imobiliário da OAB-SC Leandro Ibagy, preços muito abaixo dos praticados no mercado e ofertas em sites desconhecidos devem servir de alerta para irregularidades.

– Infelizmente, esse problema cresce na escala dos crimes digitais – afirmou.

Os anúncios são feitos na internet e, em alguns casos, apresentam fotos de imóveis oferecidos legalmente em outros sites. O crime tem se repetido nos últimos anos e, por vezes, apresenta imóveis que sequer existem.

– Antes de alugar, é importante buscar referências. Desconfie daqueles valores abaixo de uma regra do mercado – ponderou.

Conforme Ibagy, outro passo importante antes de alugar é conferir a existência desse imóvel, se quem o oferece é o proprietário e buscar referências de clientes anteriores.

– Uma pessoa do bem, que está na internet para alugar um patrimônio, não vai se negar em informar quem foi um cliente anterior, quem são os clientes usuais desse imóvel. Já quem está se valendo do anonimato da internet para buscar obter vantagem indevida tem mais dificuldade em fazê-lo – declarou.

Outra dica do presidente da comissão de direito imobiliário é procurar imobiliárias ou sites de imobiliárias que trabalham na região. Consultar sites conhecidos que oferecem o serviço de locação também pode ser um caminho para não cair em golpes desse tipo.

– É um crime de difícil recuperação. É uma prática clara de estelionato. A recomendação número 1 é prestar queixa à polícia, que tem condições de fazer a rastreabilidade de onde foi depositado esse valor, em que conta foi executado. Através de uma operação policial consistente se pode chegar aos autores do crime – disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here