Curitibanos registra o fechamento de 217 postos de trabalho em abril

0
92
Foto: Divulgação

Os dados referentes ao emprego no Brasil foram divulgados pela primeira vez em 2020 pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged. E os números já refletem os efeitos da Pandemia do novo coronavírus.

No mês passado, Santa Catarina fechou 73.111 mil postos de trabalho, foi o quinto pior resultado do Brasil e o pior resultado para um mês de abril desde 2004, quando o Caged começou as análises de empregabilidade.

No acumulado de janeiro a abril, o estado teve 31.292 mil postos de trabalho fechados, o sétimo pior resultado nacional. 87% das cidades de Santa Catarina tiveram postos de trabalhos fechados no mês passado.

Somente em 28 cidades o contingente de trabalhadores aumentou – nesse grupo, a maioria não passou de cinco vagas criadas em abril.

Na região da AMURC, todos os municípios tiveram fechamento de vagas de trabalho em abril. Quem liderou esta triste estatística foi Curitibanos, com o fechamento de 217 vagas, seguido de Santa Cecília com 160, São Cristóvão do Sul com 54, Ponte Alta do Norte 13 e Frei Rogério 07 vagas fechadas.

No acumulado deste ano dois municípios apresentam mais fechamento do que abertura de vagas de trabalho, Curitibanos com 104 postos fechados e Ponte Alta do Norte com 04. Santa Cecília com 54, Frei Rogério e São Cristóvão do Sul  com 28 registraram saldo positivo no acumulado dos primeiros 04 meses do ano.

Os cinco municípios juntos somam, no acumulado de 2020, um saldo positivo de 02 novos postos de trabalho criados.

Os números especificamente de Curitibanos, quando comparados a 2019, são ainda mais  alarmantes. No ano passado somente em abril o município criou 143 empregos e no acumulado dos primeiros 4 meses registrou um saldo positivo de 395 novas vagas de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here