Curitibanos voltou a abrir vagas de empregos formais em junho

0
218
Foto: Divulgação

Depois de dois meses seguidos, Curitibanos voltou a registrar a abertura de vagas formas de emprego com carteira assinada. Dados divulgados nesta terça-feira (28) pelo CAGED mostram que o município teve 276 admissões contra 245 desligamentos, um saldo positivo de 31 vagas criadas em junho. Nos dois meses anteriores, abril e maio, a cidade tinha fechado 274 vagas, refletindo os impactos negativos da pandemia do novo coronavírus.

No acumulado do ano, de janeiro a junho, o saldo é negativo: foram 1.734 admissões contra 1.871 desligamentos, resultando em 137 vagas fechadas.

Nestes primeiros seis meses o setor que mais fechou vagas em Curitibanos foi o de serviços, com -107, seguido do comércio com -33 e da construção com -23.

Na região da AMURC, somando os dados dos cinco municípios, o saldo no mês de junho é positivo, com a abertura de 48 vagas de emprego, no entanto, no acumulado dos seis primeiros meses a região registra saldo negativo com o fechamento de 129 vagas formais.

Nestes primeiros seis meses de 2020 somente São Cristóvão do Sul registra saldo positivo no acumulado, são 51 vagas criadas, com destaque para a indústria que foi responsável por 49 deste saldo semestral.

Dados nos municípios da região

Frei Rogério registrou o fechamento de 18 vagas em junho. Já de janeiro a junho o município teve o fechamento de duas vagas.

São Cristóvão do Sul abriu 37 novas vagas em junho. Nos seis meses o saldo positivo é de 51.

Ponte Alta do Norte fechou 14 vagas formais em junho. E nos seis primeiros meses apresenta um saldo negativo com o fechamento de 21 vagas de emprego.

Santa Cecília abriu 12 vagas em junho. No entanto, no acumulado do ano o saldo é negativo como fechamento de 20 vagas.

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here