Homem que matou menina de 2 anos confessa o crime

0
132

A região Meio-Oeste ainda está em choque com o cruel assassinato da pequena Maitê Brambila dos Anjos, de 2 anos, morta pelo namorado da mãe em Treze Tílias, nesta terça-feira, 26. As conversas da população em relação ao crime são de incredulidade e dúvidas, que se espera sejam respondidas com o andamento do inquérito instaurado pela Polícia Civil para apurar o caso.

Samuel Terres da Costa, 30 anos, autor do crime, se entregou a polícia após passar a noite em uma área de mata que fica próxima a casa onde o corpo da menina foi encontrado. Ele telefonou para a Polícia Militar e disse onde estava, após isso foi conduzido para a delegacia de Joaçaba, onde prestou depoimento ainda pela manhã.

O caso está nas mãos do delegado Marcelo Marins, que lavrou o flagrante e depois determinou que o homem fosse levado ao presídio de Joaçaba.

“Durante o depoimento ele assumiu a autoria do crime, dando a entender que “ainda não tinha caído a ficha” dele, com relação ao ato que cometeu”. Disse o delegado.

Motivo teria sido vingança

Ainda antes de ser ouvido oficialmente, Samuel falou aos policiais que cometeu o crime motivado por vingança, já que a mãe da menina e ele haviam terminado um relacionamento. A mãe disse à Polícia Militar que a filha ficou no apartamento com Samuel enquanto ela ia para o trabalho. Mesmo separados há cerca de dois meses, ele ainda frequentava a casa e seria gentil com a menina.

Samuel teria dito que a terça-feira seria o último dia em que ele iria até a casa da ex, e por isso queria passar um tempo com a pequena, comprar presentes para ela e levá-la a creche. Sobre os momentos em que esteve sozinho em casa com a menina e o que ele teria feito até matá-la a polícia não forneceu maiores detalhes. O que se sabe é que ele usou uma faca para cortar o pescoço da pequena. Após o crime ele fugiu e se escondeu no mato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here