Autor de ataque em Saudades escolheu creche pela fragilidade das vítimas, diz polícia civil

0
338

O autor do ataque a creche em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, escolheu o local do crime cinco dias antes do crime. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (14), o delegado Jerônimo Marçal, contou que o crime foi planejado há meses e que o objetivo do jovem era matar o máximo de pessoas possível.

Ainda segundo a polícia, com base nas investigações, ações semelhantes ao ataque em foram interceptadas em quatro estados. A embaixada americana no Brasil também contribuiu para elucidar a ação do jovem.

A polícia apreendeu dispositivos eletrônicos na casa do jovem. Uma perícia nos equipamentos encontrou trocas de mensagens que contribuíram com investigações de outros estados.

Dinâmica do crime

Segundo o delegado Marçal, o autor trabalhou normalmente na manhã do ataque. O jovem, ainda de acordo com o delegado, teria agido sozinho no planejamento do crime que aconteceu há mais de um ano.

Ele teria tentado comprar armas de fogo por meses. Sem sucesso, o jovem então comprou pela internet o facão usado no crime. O objeto teria custado cerca de R$ 400.

O autor do ataque, um jovem de 18 anos, está preso preventivamente em Chapecó.

Na segunda-feira (10), o assassino foi interrogado enquanto ainda estava hospitalizado. Ele foi indiciado por cinco homicídios triplamente qualificados e uma tentativa de homicídio.

Segundo a polícia, o suspeito foi descrito como uma pessoa solitária. Na casa dele foram apreendidos dispositivos eletrônicos que passaram por perícia. Familiares do jovem foram ouvidos e um pedido de exame de saúde mental foi negado pela Justiça.

O jovem está preso em uma cela isolada no Presídio Regional de Chapecó em razão das medidas de combate ao coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here